A Importância Do Lean Procurement Para As Empresas

A Importância Do Lean Procurement Para As Empresas

A Lean Procurement é uma gestão que vem conquistando seu espaço de uma maneira muito importante dentro das empresas. Inicialmente, ela teve participação importante no processo de fabricação de automóveis, porém, posteriormente foi ganhando espaço em vários setores diferentes desde o processo de fabricação até mesmo no setor financeiro. O resultado tem sido uma melhora considerável nos serviços, através do aperfeiçoamento dado aos funcionários. Mas como funciona o Lean Procurement?

O Que É Como Funciona O Lean Procurement?

O termo “Lean” que significa “enxuto” ganhou um significado importante com o lançamento do livro “a máquina que mudou o mundo” lançado em 1990 nos Estados Unidos e publicado em 1992 aqui no Brasil. O livro faz um estudo aprofundado sobre a atividade de produção e mostra a forma que a Toyota usa para conseguir um bom resultado em sua produção. O termo “enxuto” nesse caso traz a visão de uma maneira a reduzir o tempo, o trabalho humano, e de forma geral gerar um resultado satisfatório com prazos que satisfaçam os clientes.

Logo, tudo o que atrapalha esse nível de produtividade e crescimento da empresa deve ser retirado. Ou seja, os desperdícios devem ser descartados pois eles são os grandes inimigos do que essa visão considera como saudável para uma empresa.

A Importância Do Lean Procurement Na Área Do Supply Chain

Quando falamos na questão de estoques, é muito comum presenciar o desperdício de produtos acabados ou até mesmo de máteria-prima. Porém, o Lean pode ter função crucial nessa organização e redução de desperdícios. Lembrando que se antes esse ideal atuava somente no setor de produção, agora ele também pode reduzir de forma geral os gastos. Mas como funciona na prática?

Como Funciona Na Prática

  • Treinamento de habilidades: Na prática a empresa deve aderir ao treinamento de mais habilidades entre os funcionários dentro de um sistema mais objetivo, algo que traga mais concentração entre os processos do Supply Chain, pois assim fica mais fácil para que os funcionários compreendam e ao mesmo tempo é importante fazer o desenvolvimento de diversas habilidades dentro da ferramenta utilizada. A capacitação dos funcionários pode garantir um desempenho muito melhor dos processos realizados seja qual for a especificidade.
  • Otimização de Processos: Os processos como documentações, reuniões, devem ser otimizados com processos menos longos e mais objetivos.
  • Otimização de tempo: É necessário também diminuir o tempo onde se leva a mercadoria para o seu consumidor, e isso pode ser realizado com a ajuda de ferramentas tecnológicas que calculem e ajudem a estruturar todo o processo.
  • Utilização De Softwares: Todo esse processo pode ser feito com a ajuda de softwares, otimizando tarefas e concentrando elas de maneira trabalharem mais em conjunto, fazendo solicitações únicas evitando essas separações de pedidos.
  • Comunicação: A comunicação entre a equipe é essencial para um alinhamento dos processos que estão sendo realizados e se está de acordo com os objetivos da empresa.

Mas, será que o Lean Procurement sempre dá  certo?

Por Que Pode Não Dar Certo Em Muitas Empresas

Na verdade, o que pode acontecer nesse caso não está relacionado ao método em si, mas a forma que se entende ele ao aplicar. Por exemplo: não basta reduzir o volume de estoque por si, é necessário entender o que está gerando o excedente de produto e isso pode estar ligado a outro processo logístico que precisa ser resolvido.

Não basta reduzir desperdícios se por exemplo não houver uma preparação dos funcionários para trabalhar por um produto com mais qualidade, pois por outro lado, existirá diversas devolutivas do produto. Esse é um exemplo da importância de uma aplicação correta do Lean Procurement!

E se você ainda tem dúvidas de como funciona esse processo, entre em contato com a Supply Solutions.

Compartilhe

Veja também:

A Terceirização Em Expansão

O Brasil cresce em 22% o número de trabalhadores Terceirizados de acordo com o IBGE. Leia o Artigo para conferir mais sobre o assunto!

Categorias